O mistério da empresa que reboca carros no Rio de Janeiro

Quem tiver o carro rebocado no Rio de Janeiro, deve ficar com uma pulga a mais atrás da orelha. Explico: pode ser ignorância desse que vos fala, mas me parece que se transformou num grande mistério saber que empresa está com a sua linda e fagueira viatura que foi flagrada em situação irregular (será que estava irregular mesmo?).

Nesta segunda-feira, a prefeitura publicou a “rescisão amigável” do contrato assinado em outubro de 2014 com a empresa da Baixada Fluminense JS Salazar, que vinha administrando esse serviço de reboque na capital. Ok, acontece que, segundo o que consta em Diário Oficial, apesar de só ter sido publicada agora, a rescisão ocorreu no dia 30 de novembro do ano passado!

Então, fui ao site da prefeitura para tentar algum telefone que pudesse esclarecer ao cidadão comum sobre essa situação. Os dois números que constam no site da Secretaria de Ordem Pública (Seop) para informações são da JS Salazar. Mas… Não funcionam.

Então, peguei outro número da empresa num site de lista telefônica. E perguntei para a atendente.

“Oi, estou querendo uma informação, vocês não trabalham mais com os reboques da prefeitura do Rio, né?”

“Sim, senhor, trabalhamos sim”

“Mas o contrato foi suspenso pelo que eu soube…”

“Continuamos fazendo o serviço, senhor”

Só me resta dar uma mariola a quem esclarecer como uma empresa que não tem contrato em vigor com a prefeitura pode estar rebocando carros. Não posso acreditar que isso seja verdade.

Ah, dois adendos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s